:::: MENU ::::

BEDA #2 – As coisas mais divertidas da internet sobre Stranger Things

Stranger ThingsStranger Things, você provavelmente já ouviu falar, ou leu a respeito, sobre essa série original da Netflix, e deve ter visto milhares de notícias, memes, referências.

Caso você não conheça a série, recomendo que assista o quanto antes, pois vale muito a pena. São 8 episódios apenas nessa primeira temporada (e ano que vem deve sair uma segunda), e estão todos no Netflix, onde você pode fazer uma conta e experimentar o serviço gratuitamente por 30 dias, caso ainda não tenha conta lá. Esses 30 dias são, sem dúvida, mais do que suficientes para ver a série, até porque você não vai conseguir parar até acabar e vai assistir tudo rapidinho. Vai até sobrar tempo pra explorar outras preciosidades do catálogo, juro!

Me é difícil falar sobre a série, do que ela trata, sem deixar escapar spoilers, então se você está curioso pra saber do que se trata, recomendo a leitura desse post do site Amigos do Fórum, que faz uma suscinta e adequada análise sobre a série, sem nenhum spoiler, e este outro post do site Nota Terapia, que vai um pouco mais a fundo, explicando bem do que trata a série, porém, sem revelar algo que possa comprometer sua apreciação.

Eu, particularmente, tenho me divertido horrores em ver tudo que é postado pela internet, principalmente no Facebook, a respeito da série. São tantas coisas legais e engraçadas, que resolvi compilar aqui minhas favoritas e compartilhar com vocês.

A série está bombando tanto, e tem tantas referências, que o Capitão América pira na batatinha!

Referências

Ornitorrinco manjando dos paranauê.

Até o Cartoon Network entrou na onda das referências:

Cartoon Network - Should I Stay or Should I go?

Gumball considerando seriamente as opções.

Leia o restante do artigo…


BEDA #1 – Nostalgia: Aberturas de desenhos que marcaram minha infância

Dragão sorridente voando, ilustração.Boa noite, pessoas. E hoje começa o BEDA, Blog Everyday August, e pra ver se retomo o hábito de atualizar diariamente, resolvi participar dessa vez, com agradecimento a todas pessoas que participam do grupo Blogueiros Geeks no Facebook.

Ultimamente ando nostálgica, lembrando da minha infância na década de 80, dos desenhos que assistia naquela época e, como resultado, andei passando um tempo no Youtube, procurando e pesquisando pedacinhos daqueles que me fizeram uma criança muito feliz.

Claro que vários clássicos amados também me acompanharam, como Caverna do Dragão, Flintstones, Os Jetsons, Os Herculóides, Space Ghost, Thundercats, She-ra, He-man, Cavalo de Fogo… Foram tantos! Porém, estes aqui quase nunca são lembrados pela maioria das pessoas que viveram a infância na mesma época, e merecem muito amor também! <3

Alguns achei episódios, outros, apenas a abertura. Resolvi compartilhar, pois muitos de vocês, caros “serumaninhos”, talvez não tenham vivido essa época e não chegaram a conhecer tais desenhos, e outros tantos talvez tenham até assistido e, como eu, relembrem com carinho. 🙂

Dartagnan e os Três Mosqueteiros

Versão canina. Hein? Como assim? Isso mesmo, um desenho animado baseado no clássico livro de Alexandre Dumas, porém, os personagens são todos cães. Eu confesso que apesar disso, eu tinha, do alto de meus 06 anos de idade, um certo “crush” no Dartagnan, e adorava a Juliete. Por outro lado, eu odiava com todas as minhas forças o Richellieu, e tinha MEDO dele, a ponto de chorar, mesmo.

Bancada pelos espanhóis, mas produzida no Japão pela Nippon Animation, em 1981, foi exibida pela finada Rede Manchete no Clube da Criança em 1984, quando a Xuxa era uma jovem apresentadora ainda em início de carreira.

A música da abertura até hoje me persegue, tocando aleatoriamente na minha cabecinha quando bem entende. A verdade é que ela é viciante, como vocês podem conferir abaixo.

No Jbox, em 2007, fizeram um artigo bem legal sobre essa série animada de 26 episódios. Recomendo a leitura para saber mais. Inclusive nesse artigo descobri que chegou a ser lançado em locadoras com o título de Dartacão e os Três Moscãoteiros. Nomezinho terrível!

Ficou curioso? Você pode assistir os episódios 1 a 23 no Youtube, com a dublagem da época. 🙂

As Aventuras de Gulliver

Mais um desenho baseado em uma obra literária, As Viagens de Gulliver, esta escrita por Jonathan Swift. Produzida pela Hannah-Barbera na década de 60, era transmitida no Brasil na década de 80, mas minha memória falha e não tenho certeza se assistia na Bandeirantes, no SBT (TVS na época) ou na Manchete.

Nela, acompanhamos a chegada de Gulliver na ilha de Lilliput, acompanhado de Tag, seu cãozinho, enquanto viajava pelo mundo à procura de seu pai. Gulliver chega causando e apavorando geral, já que os habitantes da ilha são bem pequeninos, o que faz com que ele seja um verdadeiro gigante perto deles. Com o tempo, porém, boas amizades são feitas e Gulliver meio que se torna parte da ilha. Eu adorava ver aqueles pequeninos!

Há alguns episódios pelo youtube, para quem se dispuser a pesquisar com um pouco de tempo e paciência.

Patrulha Estelar

Porque né, gente, Leiji Matsumoto é vida, e graças a este desenho, e o advento da internet, que me permitiu conhecer mais sobre essa pessoinha maravilhosa, virei fã do cara! Nunca ouviu falar nele? Ah, mas certamente vocês já ouviram falar em Daft Punk e no álbum do grupo que originou os vídeos clipes que viraram o longa-metragem, musical e animado, Interstella 5555! Obra do Matsumoto!

Só essa música de abertura já me arrepia! Uchuu Senkaaaaaaaannnn Yaaaaamaaaaatoooo!

Patrulha Estelar foi um dos animes, sim, animes, mais icônicos da Rede Manchete muito antes de Cavaleiros do Zodíaco e Sailor Moon bombarem na emissora. Exibido entre 1983 e 1985, eu não perdia um episódio dessa animação japonesa, e aos 7 anos de idade, 1985, eu idolatrava a série e Derek Wildstar, o herói.

Para minha alegria, em 2010 lançaram um longa-metragem em live-action, com atores de verdade, Space Battleship Yamato, que serviu pra matar saudades. Não é um primor de filme, mas bem feitinho e ótimo entretenimento, que recomendo pra quem quiser adentrar no universo da nave Yamato.

Pra quem ficou curioso, aqui tem um dos episódios com a dublagem brasileira original.

Galaxy Rangers

Ô, beleza, parece que desde criança eu já sabia o que era bom e virariam paixões mais tarde na adolescência e vida adulta. Uma Space Opéra? Uma série de Cowboys? Ficção científica espacial? Tudo junto e misturado? Eis Galaxy Rangers! A animação começava com uma narração ambientando a história e seguia com a música da abertura.

Galaxy Rangers embora possa ter traços que parecem de anime de vez em quando, é um desenho americano mesmo, feito em 1986, e que era transmitido aqui em 1987, no Xou da Xuxa (que já tinha migrado da Rede Manchete nessa época). E aos 9 anos, eu tinha uma paixonite por todos os personagens do quarteto de Rangers.

Eu assistia diariamente, pois nesse ano eu tinha sido trocada de escola por meus pais e, pela primeira e única vez em todo o tempo de escola, acabei tendo que estudar de tarde, já que era aluna nova transferida. Caramba, como era incrível ver aqueles cowboys espaciais, meio ciborgues, cheios de implantes maneiros e esquisitos, tentando manter a paz pela Galáxia, com cavalos robôs reluzentes e mucho loucos, no ano de 2086!

Vocês podem assistir TODOS os episódios com a dublagem original aqui no Youtube.

Leia o restante do artigo…


Novidade – HQ Geeks Club: clube virtual de leitura de quadrinhos.

Quadrinhos/Graphic-Novels

Pois é, gente, hoje vim compartilhar com vocês uma novidade: um clube virtual de leitura, com foco em quadrinhos de todo tipo, o HQ Geeks Club. Leia abaixo o “resumo” do clube, e caso se interesse, peça para ingressar no grupo, clicando no link do grupo. Apenas um aviso: por questões de gerenciamento, a princípio o grupo aceitará somente 150 membros (este número poderá aumentar posteriormente), após, será montada uma lista de espera.
Este é um clube de leitura virtual voltado para quadrinhos de todos os tipos, gêneros, espécies, visando estimular a leitura desse tipo de literatura tão menosprezado por muitos, bem como sua discussão.
O funcionamento básico do grupo é o seguinte: os membros escolherão um título a cada mês para leitura e discussão dentre graphic novels, gibis, mangás, webcomics, tirinhas, de qualquer nacionalidade e gênero.

Como serão escolhidos os títulos?

Como se dará a escolha? Será criado no início de cada mês, por volta do dia 5, um post onde, até o dia de cada mês, os membros poderão deixar comentários de sugestões de qual deve ser o próximo título a ser lido no mês seguinte, incluindo, como dito acima, webcomics. Todos as sugestões ali deixadas serão colocadas em enquete para votação pelos membros no dia 11 de cada mês.
A sugestão mais votada será a leitura do mês seguinte, devendo o membro responsável pela sugestão vencedora da enquete fazer um post apresentando a HQ a ser lida, de forma breve, podendo, ainda, indicar links de artigos e materiais relacionados, para enriquecer a leitura (por exemplo, se há série de tv ou filme feito, quais, se gerou quadrinhos spin-offs).
Embora a princípio a participação na leitura e discussão seja obrigatória, compreendemos que nem sempre todos membros conseguirão ler o material ou participar, porém, sempre que possível, é esperada a participação de todos os membros. Membros que não participarem de nenhuma das leituras e correspondentes discussões por três meses seguidos, será excluído do grupo para abrir espaço para novos membros.
Attack on Titan

Demais atividades:

Além de todo o anteriormente exposto, desafios de leitura serão postados para aqueles que desejarem participar, não sendo obrigatória a participação nos desafios. Quem quiser participar, poderá deixar seus comentários, impressões no próprio post de cada desafio, incluindo links para suas impressões e progressos, caso possua blog, canal ou rede social qualquer onde prefira postar sobre sua participação nos desafios.
Membros poderão sugerir desafios, também, devendo, porém, primeiramente contatar a administração para apresentar todas as informações de como é seu desafio, como funcionará, quais os temas ou títulos do desafio e período do desafio. Se aprovado pela administração, o membro poderá criar um post para seu desafio contendo todas as informações necessárias, links pertinentes e afins.
—————-
Estas são as informações básicas. Caso tenha algum problema com o link do grupo para solicitar acesso, deixe um comentário, que tentarei resolver o problema. Adicionarei as pessoas ao grupo do clube o mais rápido possível, enquanto houverem vagas dentre as 150 disponíveis. 🙂

Save

Save

Save


Maratona de Filmes de Inverno – Blogueiros Geeks

Foto por Alex Munsell para StockSnap.io sob Creative Commons.

Voltamos, voltando, agora vai, será que sim, será que não..?? Agora vai, e pra (re)começar as atualizações, nada melhor do que participar da Maratona de Filmes propostas no grupo dos Blogueiros Geeks, no Facebook.

A Maratona ocorrerá entre 05/06 e 06/07 (estou começando atrasada, sim, claro ou com certeza?), serão 11 filmes assistidos, em 11 categorias diferentes, sendo que você escolhe cada filme para cada categoria, e as regras são as seguintes:

Fazer um post na página do Facebook ou no blog com a lista dos filmes escolhidos, e que nunca tenham sido vistos por você antes;

Fazer um post por filme, ou um post semanal com os filmes que viu, comentando sua experiência, o que achou, se recomenda ou não, fornecendo a ficha técnica, sua nota, etc.

Provavelmente eu vou acabar fazendo posts semanais, a menos que algum dos filmes me dê vontade de fazer um post mais profundo. Eis abaixo as 11 categorias e minhas escolhas para cada. Ao lado, colocarei ainda onde há cada filme disponível, e ao clicar no link no nome do filme, você será direcionado para a página do filme no site de streaming online referido.

  1. Um filme vencedor do Festival de Gramado: Infância – no TelecinePlay;
  2. Um romance: Paris-Manhattan – no TelecinePlay;
  3. Um filme clássico: Se Meu Apartamento Falasse – no Netflix;
  4. Um filme que comece com a letra A: After Dark:Semente do Mal – no TelecinePlay;
  5. Um documentário: The Nightmare – no Netflix;
  6. Um filme de ficção científica: Os Escolhidos – no TelecinePlay;
  7. Um filme independente: In Your Eyes – no Netflix;
  8. Um filme vencedor da Palma de Ouro: Azul é a Cor Mais Quente (vencedor de 2013) – no HBO GO, mas tô preferindo assistir o que ganhou apenas Destaque em 2015, O Segredo das Águas – no TelecinePlay;
  9. Um musical: Caminhos da Floresta – no TelecinePlay;
  10. Uma animação: Harlock:Space Pirate – no Netflix;
  11. Um filme vencedor do Oscar de Melhor Fotografia: Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) – no TelecinePlay.

Esses são meus escolhidos, e em breve falarei um pouco mais sobre eles, conforme for assistindo nos próximos dias e semanas. Se você já viu algum destes, deixe sua opinião nos comentários. 🙂

 


R.I.P. Rei dos Duendes. Vida Longa a David Bowie.

David BowieAno novo, 2016, depois de termos sobrevivido a um 2015 difícil, esquizofrênico. E uma das metas deste ano é conseguir atualizar por aqui pelo menos uma vez por semana. Ignoremos que pulei a primeira semana do ano, e começaremos agora.

E é com pesar que começo com uma das notícias mais tristes da semana para mim: o falecimento súbito de David Bowie, na segunda-feira, 11 de janeiro, logo após o lançamento de um novo álbum, Black Star, e após completar 69 anos de vida. Seu álbum, segundo muitos, seria uma forma de despedida, já que vinha sofrendo com um câncer há 18 meses.

Muito bate-boca e problematizações desnecessárias se seguiram, e pessoas que não conheciam sua obra, mas vieram a conhecer agora, e outros tantos revoltados por pessoas não conhecerem David Bowie, um astro da música e do cinema (inesquecível Jareth, Rei dos Duendes, com suas calças colantes e cabelão <3). Acho que bons artistas merecem ser lembrados e ter sua obra conhecida, ainda que somente após sua morte.

Leia o restante do artigo…


Páginas:12345678