:::: MENU ::::

A vida acontece, e os recomeços são apreciados.

“A vida é aquilo que acontece quando você está ocupado fazendo outros planos”, é o que, supostamente, disse John Lennon. Não tenho certeza se a autoria é realmente dele, mas nem por isso a frase é menos verdadeira.

Este blog já fez 1 anos há mais de um mês, e estava completamente abandonado. Quando o iniciei, estava em meio a uma fase bem complicada e fora da casinha na minha vida, fase que havia se iniciado em meados de janeiro de 2011.

Numa tentativa de tentar superar algumas coisas boas que se perderam, e alguns erros absurdos cometidos, iniciei o blog, mas não me sentia bem ainda, e acabei deixando-o parado até agora.

Os erros foram importantes, pois me fizeram crescer. Aprendi a dar mais valor pra família, algumas amizades, e pra minha vida e meu trabalho. Parte da crise, também, se devia a questões de trabalho, mas nada como passar uns bons meses no aperto pra aprender a dar valor, não é não?

Mas enfim, pouco mais de um ano se passou e hoje posso dizer que estou bastante feliz e satisfeita com o estado em que se encontra minha vida. Está longe de ser perfeita, mas agradeço todos os dias por como as coisas estão atualmente, e espero que continue a melhorar, apesar das tristezas, decepções e percalços que sempre ocorrerão vida afora.

Fato é que nesse um ano e pouco aprendi muito, cresci muito, voltei a me conhecer, descobri novos interesses, e estou em um caminho de continuar a me conhecer melhor, de voltar a descobrir aquilo que gosto e que não gosto, que quero e que não fazer e, com isso, voltou a antiga paixão por blogar, por compartilhar um pouco de mim, da minha vida e das coisas que vou aprendendo e descobrindo.

Então cá estou, voltando à minha cria que foi abandonada logo depois de seu nascimento, um canto bem pessoal, pra falar sobre o que der na telha, compartilhar toda e qualquer coisa que me interessar, pelo puro prazer de voltar a escrever. Bem à moda antiga, no melhor estilo defendido pelo Volta, Mundo Blogueiro, que também me inspirou e deu mais vontade de voltar logo pra cá. 🙂

Espero que você goste e me acompanhe nessa nova fase, e encontre aqui um pouco de diversão, inspiração, reflexão ou entretenimento. Tire seu sapato, jogue-se no tapete fofo e peludo, pegue uma xícara de chá ou da bebida de sua preferência e fique à vontade. Essa é a minha casa, aproveite sua estadia.:)

 


Browser Game da Semana: Super Samurai Sweeper – Adeus à sua produtividade!

Eis um jogo que foi criado para acabar totalmente com sua produtividade: Super Samurai Sweeper. Um jogo descompromissado, mas com alto teor “viciante” e divertido. Uma mistura de Minesweeper, o bom e velho Campo Minado, com Samurais, segundo o desenvolvedor, Nerdook.

No jogo, você é um samurai solitário, único sobrevivente de um cruel ataque sofrido pelo seu vilarejo. Agora, você anda por aí, sem rumo certo, em busca de vingança, e precisa derrotar os 7 Daimyos, e o Shogun, chefe dos 7, para acabar de vez com a guerra e trazer a paz de volta à sua terra.

Leia o restante do artigo…


Links Recomendados da Semana, a.k.a, o que andei lendo de bom na semana que passou.

Com uma semana de atraso, depois da estréia do site, finalmente trago pra vocês os links mais bacanas que li por aí, nessa semana que passou, cuja leitura recomendo. Entretenimento garantido. 🙂

Fica aí a dica de boa leitura pro final de domingo. 🙂

 


Os Zumbis estão à solta, e você é o único sobrevivente!

Dia 27 de março foi lançado o jogo (com gráficos bacanas e meio retrôs) Lone Survivor, jogo de aventura, sobrevivência e horror. Lone Survivor foi criado por Jasper Byrne, a versão full do jogo custa a módica quantia de 10 dólares, DRM-Free, disponível para PC e MAC, com direito a acesso gratuito a todas futuras atualizações que o jogo ganhar.

Contudo, você pode jogar o demo online, sem pagar nada, no Kongregate, e eu digo que vale a pena, pelo menos, experimentar o jogo. 🙂

No jogo, você é o protagonista, você não tem nome, usa uma máscara, dessas hospitalares, está morto de fome, exausto, e precisa escapar de uma cidade cheia de zumbis. Porém, sua sanidade não está assim tão boa, dadas suas condições, então, simultaneamente, você começa a questionar sua sanidade e se o que você vê é real, ou mera alucinação.

Você tem total liberdade na escolha de como sobreviver: fugir se esgueirando pelos cantos, sem combater nenhum inimigo; procurando comer e dormir bem, de alguma forma. Matando tudo que você vê pela frente. Abusando de drogas e medicamentos para se manter acordado e seguir em frente. Você pode, ainda, tentar escapar sozinho, ou tentar encontrar outros sobreviventes.

Segundo o desenvolvedor, na versão full do jogo a aventura tem duração de 6 a 8 horas, e 2 modos distintos de jogabilidade.

Jogue a demo online, compartilhe sua opinião aqui conosco. E se gostar do jogo e quiser comprar a versão completa, basta ir até o site oficial.

 


Super Smash Land: um Demake que vale a jogatina.

Quem aí nunca jogou algum jogo da série Super Smash Brothers? Não jogou? Mesmo? Então não perca mais tempo! E se você, como eu, já jogou, te digo, super vale a pena voltar a jogar, nesta nova versão chamada Super Smash Land!

Super Smash Land é um “demake”, ou seja, uma produção feita em estilo retrô, para um sistema mais antigo do que aquele em que foi originalmente lançado, a grosso modo. Foi criado por Dan Fornace, fã da franquia e programador responsável pelo demake, de forma independente.

Super Smash Land pega o tão querido (pelo menos, por mim) Super Smash Brothers and transforma-o numa versão de “GameBoy”. Ainda assim, o jogo continua tão divertido quanto o original. Nesta excelente versão, Dan procurou simplificar o jogo, em sua idéia de como seria para o Gameboy original, mas procurou manter personagens e pontos principais com os quais os jogadores já estavam acostumados no jogo original.

Os controles são simples: setas direcionais para movimentação, tecla Z funciona como o botão A do Gameboy, X funciona como o B e Enter funciona como Start. Seis personagens estão presentes: Mario, Kirby, Link, Pikachu e mais 2 personagens que você precisa “destravar”, e o jogo pode ser jogado em 3 modos: Versus, Arcade, Endless, com até 4 jogadores humanos (ou CPU).

O jogo, bem como sua trilha sonora, pode ser baixado de graça, no site oficial, onde também há um link para possuidores de Macs instalarem e jogarem o jogo com auxílio do “Wine”, uma vez que, no momento, o jogo é apenas para Windows.


Páginas:12345678