:::: MENU ::::
Posts tagged with: Anime

Especial Halloween: sugestões de animes para entrar no clima

Animes para assistir no Halloween

Estamos nos aproximando do Halloween, uma data mais comemorada lá fora, porém já bastante conhecida por aqui. Pra entrar no clima, decidi montar listas com ideias e sugestões de animações da terra do sol nascente, todas excelentes pra curtir a data assistindo.

São séries que já assisti e recomendo, e que pretendo assistir novamente, se possível nesse Halloween. A lista apresenta algumas séries que estão no meu top 10 pessoal, não representando os melhores de todos os tempos, até porque “melhor” é algo que varia do gosto de cada um, refletindo apenas minha preferência pessoal, mas contém itens que podem agradar uma variedade de gostos.

Não entram na lista muitos títulos excelentes, mas que tem mais influência de outros gêneros, tampouco títulos que ainda não terminei de assistir ou pretendo assistir, que compartilharei aqui também futuramente. Se você não achou seu favorito aqui, pode ser por um destes motivos, mas quem sabe não aparece em outra futura lista de indicações?

Se você já assistiu algum, compartilhe suas impressões, ou se tens alguma sugestão de outros títulos que não entraram na lista, deixe nos comentários. Adoro conhecer novos títulos por indicação alheia. 😉

Higurashi

Higurashi no Naku Koro Ni/Higurashi no Naku Koro Ni Kai

Este anime eu já assisti duas vezes, e estou jogando a visual novel. Higurashi no Naku Koro Ni é um anime baseado nessa visual novel (espécie de jogo em que você interage lendo a história e tomando decisões de como agir, com quem interagir, o que falar) composta por alguns arcos, e com alguns finais diferentes, dependendo de suas escolhas ao longo do jogo, que pode ser encontrado na Steam atualmente.

O anime pode ser meio lento e confuso no início, pois ele se baseia nessa narrativa do jogo, divida em arcos de 5 ou 6 episódios cada, contudo, quando ele te prende, você não consegue parar de assistir. Um dos últimos arcos, porém, ajuda a entender melhor toda a loucura, horror, matança que se sucede. Só um aviso: não se deixe desconsiderar a série ou as personagens por serem em sua maioria fofinhas, meigas, bonitinhas e boazinhas.

Na primeira temporada vemos o dia a dia de Keiichi Maebara, que acaba de se mudar para a vila de Hinamizawa, e de seus colegas: aparentemente uma vida tranquila e normal de colegiais em uma pacata vila do interior. Porém, a loucura começa a imperar quando Keiichi descobre que houve um assassinato na vila, que as aparências podem enganar muito, e mortes trágicas ou cruéis passam a ocorrer. Daí é um “MATA TODOMUNDO!” e “AGORA F**EU” inimaginável.

Na segunda temporada, o clima é mais de ação, e temos, ainda, a chance de conhecer melhor os personagens, cujas histórias são mais exploradas, e muito drama e momentos de tristeza.

Leia o restante do artigo…


Anime é coisa de Criança? Não, Claro que não!

*Post originalmente publicado no meu extinto blog Life Theory, em 13 de setembro de 2009 e PlayRoom em outubro de 2011.

 

Quem me conhece sabe que eu sou fã de anime (desenhos animados made in Japan, pra quem não conhece o termo). Sabe que já ajudei a coordenar uma série de eventos relacionados à área e que, se tem algo que me tira do sério, é quando alguém acha que anime é coisa de criança e tenta me menosprezar por isso.

Acontece que ontem recebi um email de alguém que leu os posts relacionados a anime nos arquivos e me criticou por gostar “de programas rasos, e que denotam típico comportamento infantil”.  E o cidadão, que identificou-se apenas como “Rafael“, continuou ainda dizendo que “anime é coisa de criança, uma subprodução rasa e infantil, que nada tem de artístico”. Meu sangue ferveu.

Leia o restante do artigo…